Carregando...

Madre Serafina


A multiforme graça de Deus vivifica as pessoas diferentemente. O Espírito que infunde a graça não pode ser controlado, medido, definido. Impulsiona, atrai, gera o amor em cada um de forma única. Não existem duas pessoas iguais. Mistério da grandeza do Criador! Quantos milhares de seres humanos já passaram pela terra e ainda passarão. Todos únicos. Em cada um a marca inconfundível do Espírito. Todos envolvidos pelo Amor. Mas respondendo de modo particular a esse convite à vida.

Madre Serafina construiu seu caminho espiritual à sua maneira, de conformidade com seu ser, único. Uma espiritualidade marcada pelo amor a Francisco e Clara, pela  missão e também:

Pela busca da Santidade Pessoal: A fé cristã foi semeada no coração de Serafina no segundo dia de sua existência, ao ser levada à pia batismal. O Criador contemplou Serafina com preciosos dons: vontade firme, espírito resoluto, temperamento impulsivo entusiasmado a lançar-se com arrojo na causa que abraçava. Sua vida foi marcada por este empenho: busca da própria santificação. Tal ponto fundamental assumiu feições variadas: Devoção à Eucaristia, cumprimento da vontade de Deus, devoção a Maria, a vários santos e anjos, a contemplação, o espírito apostólico. Em síntese, porém, seu objetivo era alcançar a íntima união com Jesus Cristo. 

Cumprimento da vontade de Deus: Serafina fazia do Evangelho livro de leitura e de meditação, procurava conhecer a vontade de Deus nas grandes e nas pequenas coisas. 

Amor a Eucaristia: O centro e o fundamento da vida cristã é a eucaristia. Cristo é, para todo cristão, e em especial para aquele que quer consagrar sua existência ao serviço do evangelho, o Caminho, a Verdade e da Vida. Aos pés do sacrário Serafina tomou as sérias decisões de sua vida. O amor à Eucaristia cultivado com carinho crescente desde a primeira comunhão preparou terreno para colher as noções teológicas que recebeu posteriormente, as quais apenas clarearam os ensinamentos já infundidos pelo Espírito Santo. Madre Serafina entusiasticamente colocava em suas cartas “PORTO I MISTERI”. A palavra mistérios significa todos os mistérios de Cristo, Sua encarnação, paixão e ressurreição. É toda a economia da salvação, a obra redentora do Pai, que se tornou realidade sobretudo e de modo excelente em Jesus Cristo, Filho do Altíssimo. Quando usa o lema “Levo os Mistérios” Madre Serafina quer significar de modo particular o Mistério Eucarístico. É como se dissesse ‘Pela comunhão que recebi trago comigo Jesus Sacramentado com todos os seus mistérios e a vocês os comunico. Trago-os em mim, o corpo de Cristo é meu alimento ‘.

Ver também em “Quem somos”.

RODRIGUES, Carmem. Força na Pequenez, Madre Serafina ontem e hoje. Contagem: Fundação Maria Resende Costa.
carisma 2506604135480556141
Página inicial item

Receba as novidades no email

Jogos

Jogos
Clique na imagem e acesse vários jogos

Páginas mais lidas